Apareça, querida

 

 

Querida,

 

Dia desses tentei te chamar para um café. Te liguei, mandei mensagem. Visualizada, porém não respondida. O que há comigo?

 

Como se não bastasse ser mulher e desejar. Fique você sabendo que tomaríamos um café com bolachas e falaríamos do tempo.

 

Pois o tempo é como a luz entre dois espelhos. Ando perdida em alguma dimensão do tempo, como se meus dias fossem terminar antes da hora.

 

Já você me parece bem, querida. Família, casamento, trabalho, amor.

 

Por que não quer encontrar? O que há comigo?

 

Às vezes sinto seu cheiro num vaso de flor. Cheiro de mulher, de vida que palpita em veias grossas e quentes. Apareça, minha cara!

 

Apareça para que possamos falar sobre nossos impulsos de mulher.

 

Uma planta que morre por falta de água. Uma criança que sente seus pés na areia da praia. Uma mulher que volta a amar o homem que acabara de esquecer.

 

Assim gostaria de falar-lhe, querida. Como amigas, amantes, mães e filhas– dessa pluralidade humana que nos habita.

 

Passado o tempo do café, poderíamos pegar a estrada com a mochila nas costas. Sei que você gosta de viajar, assim como eu. E também gosta de dormir em lugares desconhecidos, por onde passaram outras mulheres.

 

Pequenas. Altas. Gordas. Magras. Bonitas e Feias.

 

Cá estou, querida, pensando nesta trajetória, com franqueza. E pensar em você agora reascende dentro de mim um cisco de esperança de que um dia, quem sabe, estaremos juntas, sorrindo, a falar do tempo. Mas dessa vez, sem medo.

 

 

Um beijo e escute meu recado na sua caixa postal, D.

 

 

 

 

 

 

M18M: Por quais mares já navegou? 

 

Maria E Machado: Não cheguei a navegar nenhum ainda... Estou no processo do descobrimento dos mares! Antes de navegar, é preciso analisar as condições temporais – não devemos subestimar a fúria das ondas. Para onde vamos também importa - em que terra úmida queremos pisar? Melhor que navegar é mergulhar de cabeça no mar aberto e sentir no corpo a liberdade de uma pele salgada assim que abrirmos os olhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Projeto SAMAMBAIA © Todos os direitos reservados. São Paulo / Brasil. 2017.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now