diálogo entre enigmas

 

 

DOS CAMINHOS QUE SE BIFURCAM

 

NO LIMIAR

 

A . _________ . B

 

o que move o saber?

 

abismos móveis

um ponto terroso no dentro e no fora,

aterrarando as memórias em urnas

buracos e covas

da escuridão repousa a parada,

o oco em mortes apagadas

 

Vulcão, carvão em fogo errante

cratéras vencidas para o céu

alpinista da escuridão

onde os pontos de luz são estrelas mortas

mapas, constelações de caminhos sem começo

 

a aspiração do céu deixa vir novas paisagens retorcidas

 

árvores fixas na parede, como grampos de bosques e troncos

pequenas florestas de pregos

dois vazios rangidos de madeira e ferro

inacabados num sonoro silêncio mineral

 

a origem e o escuro são buracos iluminantes

 

vagalumes

em voos livres num abismo vazio de ar

energia vital que avança em vetores temporais

pássaros dançantes

 

um ponto de respiro

a agulha é silêncio e passagem

transcendência

estrela guia

 

o que esta por vir?

 

 

 

dois vazios

 

Céu . _________ . Terra

 

até a extinção

 

 

 

 

M18M: Por quais mares já navegou? 

 

Taissa Montiel: Entre céu e mar continuo por aqui, nas 'nadanças' da arte,  do olhar, da escuta e do educar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Projeto SAMAMBAIA © Todos os direitos reservados. São Paulo / Brasil. 2017.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now