Lápis

 

Ela e o lápis tornaram-se companheiros fiéis em tenra idade, tão logo a mão direita, ainda descoordenada, entendeu que poderia se agarrar a algo mais interessante que a mamadeira. Os rabiscos indefinidos aos olhos adultos começaram a tomar forma pouco tempo depois. O grafite imprimia no papel tudo aquilo que sua imaginação lhe permitia: sereia, cachorro ou Deus. Deitada no chão do quarto com os lápis de cor espalhados para facilitar o processo criativo, ela se reconhecia em cada traço e cor e assim seguia os dias na infância solitária. Quando se alfabetizou, a vida ganhou nuances inimagináveis: as palavras eram sua égide e também um presente que oferecia aos que amava. Escrevia histórias em quadrinho, recados apaixonados, cartão de Natal e até lista de compras do supermercado, tudo era válido desde que a intenção fosse positiva. Nunca enviou um único bilhete sequer com xingamento ou ofensa, a escrita era sagrada e disso não arredava o pé. Na adolescência, os amores e os poemas lhe tiraram o sono, o que acabou lhe custando olheiras arroxeadas que a deixavam com um ar boêmio. Ela, inclusive, suspeitava que as marcas a acompanhariam o resto de seus dias, abandonando-a apenas quando seus olhos se fechassem de vez. Quanto mais escrevia, mais bonita lhe parecia defronte do espelho e cada letra era como uma extensão de seu próprio ser que se ampliava infinitamente rumo ao desconhecido. Ela paria a si mesma repetidas vezes em todos os seus personagens, homens ou mulheres, e renascia maior, mais sábia e livre. O lápis, amigo dedicado e gentil, permaneceu apontado e digno ao lado do caderno até o seu último e profundo suspiro, quando então foi servir para anotação de receitas.

 

 

 

 

 

 

 

 

M18M: Por quais mares já navegou?

 

Renata Martins: Nasci em terras mineiras, cresci em mares cariocas, transitei pelo cerrado goiano e retornei para o aconchego do café com pão de queijo.

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Projeto SAMAMBAIA © Todos os direitos reservados. São Paulo / Brasil. 2017.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now