sem título

 

por mais que eu queira ficar

gosto de ir para minha casa

tropeçar nas escadas

chegar com o joelho roxo

ler o jornal de ontem

acordar com o barulho dos carros

do despertador que ativa a dor

de ser quem eu sou

da minha xícara de café

da gata que não para de se alisar no meu pé

do barulho da vitrola

pego o molho de chaves

e recomeço

 - não, não sei se é uma boa ideia ficar,

gosto de ir para minha casa...

 

 

 

 

 

 

 

M_18M: Por quais mares já navegou? 

 

Graziele Almeida: Das mudanças, descobertas, dos medos, das amizades, dos amores, das perdas... tantos mares e ainda estou aprendendo a remar.

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Projeto SAMAMBAIA © Todos os direitos reservados. São Paulo / Brasil. 2017.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now